segunda-feira, 5 de outubro de 2015

domingo, 4 de outubro de 2015

Livro de Rogério Santos: "Vida no Espírito e Compromisso Social" e minicurso em 4 aulas

A Vida no Espírito possui implicações que vão para além de uma experiência subjetiva da fé. A experiência que se realiza no interior dos corações e que leva cada batizado a desejar a intimidade com Deus, deve se manifestar através de um novo modo de viver e comportar-se na sociedade. Movido pela caridade divina, o cristão não pode refugiar-se no interior de uma experiência intimista e isolada. Segundo S. João Crisóstomo, a possibilidade de um novo mundo sobre a terra é real a partir da ação do Espírito. Esse novo mundo, no entanto, é temporal e passageiro, mera primícia do Reino definitivo preparado por Cristo para aqueles que vivem a vida nova. O empenho por uma polis melhor e mais justa sobre a terra será sempre necessário, sob a consciência de que ela será apenas primícia daquela polis definitiva (cf. Fl 3,20) para a qual fomos  salvos.

Click no link abaixo e adquira o E-BOOK + BÔNUS: minicurso em 4 aulas
[CLICK AQUI] 
 ADQUIRA AGORA O E-BOOK + BÔNUS

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Palestra OnLine - Vida no Espírito e Compromisso Social

 Inscreva-se!
Prezados amigos e irmãos, no dia 29 de setembro de 2015, às 21h, estarei realizando o lançamento ONLINE do meu livro (e-book) "Vida no Espírito e Compromisso Social". Na ocasião, farei uma PALESTRA ONLINE sobre esse importante tema. 
Gostaria de convidá-lo a estar conosco. Inscreva-se no link http://digitalfides.com/rogerio-soares_web_2910 ou click sobre a imagem acima!

Ajude-nos também a compartilhar esta boa notícia!
Grato.
Rogério Santos

sábado, 5 de setembro de 2015

A perfeição por meio de Maria!

"Quanto mais uma coisa se avizinha ao seu princípio, tanto mais recebe da sua perfeição." (Sto. Tomás de Aquino)

A perfeição de Maria está apoiada exatamente nesta afirmação acima. É de sua avizinhança com Deus que decorre sua perfeição. Por nunca haver pecado, jamais esteve longe do Perfeito. Em Maria a imagem e semelhança na qual todas as criaturas foram criadas, manteve-se sempre original, pois não fora atingida pela mancha do pecado.
Quanto a mim, pobre e miserável pecador, como poderei me aproximar da perfeição, se muitos e imensos são os meus pecados? Confessarei os meus pecados e receberei novamente a graça para continuar caminhando...
Devo, no entanto, reconhecer que, marcado como sou pela concupiscência, não poderei dar um passo sequer sem o auxílio daquela mesma graça que sustentou a Mãe do Senhor. E, ainda, de modo mais objetivo, meus passos serão mais largos e firmes, se eu estiver apoiado naquela que é a própria graça encarnada: Maria, mãe de Deus!
Oh, Virgem das Graças, Mãe das Dores, estenda-me tuas maternas mãos e sustenta-me, a fim de que eu possa me aproximar daquele que é o Princípio e Fim de tudo: Deus Perfeitíssimo!

Ms. Rogério Santos